Sempre me senti fora de contexto. Literalmente, tropeçando pela vida.

“A felicidade deveria ser assim mesmo, sem data, sem encomenda, sem medo de existir. Os dias mais felizes são aqueles com menos planos na agenda.”
Caio Augusto Leite.

“Ei, eu sei o tamanho da sua dor, eu sei o quanto dói. Olha pra mim, eu estou de braços abertos esperando por você. Você chamou por mim e eu estou aqui, vim te atender. Oi? Você está me ouvindo? Não, você não me escuta. Não fique assim, deite em meu colo e eu enxugarei todas as suas lágrimas e a sua dor, tomarei-a para mim, vem aqui, eu estou a sua espera. Você não sabe o quanto eu sofro quando você diz que está sozinho, eu estou aqui, não está vendo? Eu estou aqui, mais de quem você precisa? Eu sou tudo, eu posso te dar tudo aquilo que você deseja. Ei, me escute! Não, não durma agora, você nem conversou comigo hoje… Eu te dei tantas coisas boas, te livrei de tantas coisas más e você só pensa naquilo de ruim que te aconteceu? Está vendo. Eu não te abandonei em momento nenhum, pelo contrário, eu estava aqui chamando e esperando por você, mas você não me deu ouvidos. Tudo bem, durma, você está cansado mesmo. Eu ficarei aqui ao seu lado, cuidando de você, e evitando que o mal te aconteça. Boa noite.”
Deus. 

Sofro de ansiedade. Ainda não consegui entender que nada acontece de uma hora para outra.”
Marcello Henrique.

“As pessoas mais solitárias são as mais gentis. As pessoas mais tristes possuem os sorrisos mais brilhantes. As pessoas mais devastadas são as mais sábias. Tudo isso porque elas não querem ver ninguém sofrer da maneira que elas sofrem.”
Senhor José, 89 anos.

“Aprendi a ter um pé atrás, sempre desconfiar de tudo e de todos. Sei que não é algo muito bom, mas é um modo de defesa.”
Géss Ferreira.  

“Sabe quando você compara seu choro a chuva, então, essa menina era inigual. Ela não chovia ela nevava.”
It is an iceberg? Not, Alaska.  

“Finjo entender, porque não quero magoar ninguém. Este é o único ponto fraco que tem me levado à maioria das encrencas. Tentando ser bom com os outros, muitas vezes tenho a alma reduzida a uma espécie de pasta espiritual. Deixa pra lá. Meu cérebro se tranca. Eu escuto. Eu respondo. E eles são burros demais para perceber que não estou mais ali.”
Charles Bukowski  

OB